VÍDEO! PM GO PRENDE SUSPEITO, APREENDE REVÓLVER CALIBRE “TREZOITÃO”, DINHEIRO FALSO E CIGARROS CONTRABANDEADOS


ACONTECEU EM LUZIÂNIA-GO, ENTORNO DE BRASÍLIA

COMPARTILHE! CURTA! COMENTE!
 ASSISTA AO VÍDEO ABAIXO!
30/09/2019- O relógio marcava 14hs quando subtenente Raimundo do Comando de Policiamento Urbano (CPU) de Luziânia-GO, no Entorno de Brasília, solicitou apoio de outra viatura para se deslocar à Lotérica Baú da Sorte, localizada no setor Mandu II, Parque Estrela Dalva IV.

No local o CPU havia abordado um homem que teria tentado pagar umas contas com dinheiro aparentemente falso, o autor estava com mil reais em espécie em notas de cem reais em seu bolso. O policial militar notou que sete notas eram visivelmente falsas, e logo apareceu no local um cidadão por nome de Rodrigo dizendo ser neto e que morava com o suspeito, e ainda falou que o mesmo sofria de Alzheimer.

Diante da situação os PMs conduziram o suspeito sem algemas e sentado no banco traseiro da viatura, juntamente com o seu neto, já na delegacia o agente de polícia informou que a delegada doutora Dilamar havia informado que o fato se tratava de crime federal, e que a PM teria que se deslocar à Polícia Federal em Brasília para registrar o flagrante.

No momento em que os PMs estavam na delegacia, a equipe do subtenente Raimundo foi à residência do suspeito onde foi recebida pela por uma mulher chamada Joana D’arc, que se apresentou como sobrinha do suspeito. Ela autorizou a entrada dos policiais para uma diligência, e na gaveta do imóvel os policiais militares encontraram o seguinte material:

* 01 revólver calibre 38 com 05 munições intactas e 03 na gaveta;

* $171.700,00 reais em espécie dentro de uma maleta de ferro, que estava no interior do guarda-roupas.

* 753 carteiras de cigarros sem nota fiscal da mercadoria.

Diante da situação o CPU determinou à apreensão do material, e durante ao deslocamento o suspeito que estava sem algemas e no banco da viatura, começou a passar mal, então os policiais militares o levaram a UPA onde foi atendido e medicado, mas se negou a receber o medicamento injetável, tomou apenas o comprimido receitado pela médica.

Perguntados sobre o material o suspeito e o neto disseram desconhecer e não saber a procedência. A PM conduziu os dois e todo material apreendido à Polícia Federal em Brasília, onde foi feito o flagrante e o suspeito ficou à disposição da justiça.

PM EM AÇÃO!

Comando de Policiamento Urbano (CPU): Subtenente Raimundo.

Viatura 11353: Sargento Marcos Régis e soldado Cristina.

Apoio - viatura 11280: Soldados Cruz e Leôncio.

*FONTE: COMANDO TÁTICO / FACEBBOOK

Nenhum comentário

TV Mário Prata

Tecnologia do Blogger.