Vídeo! Briga por ponto de tráfico motivou assassinato na Feira da Lua, revela polícia

Ao ser preso, autor dos disparos que mataram Diego Jesus no momento em que ele vigiava veículos na Praça Tamandaré contou ter recebido uma porção de crack e R$ 800 para cometer o crime.

Homicida confesso revelou motivação do crime à PC (Foto: divulgação/PC)


06/09/19 -Goiânia- A disputa por um ponto de venda de drogas, segundo a Polícia Civil, foi o que motivou, no último dia três de agosto, um assassinato que levou pânico a frequentadores da Feira da Lua, na Praça Tamandaré, Setor Oeste, em Goiânia. Ao ser preso, o suspeito de ter efetuado os disparos contou ter recebido R$ 800 e uma porção de crack para cometer o assassinato.

Mais conhecido pelo apelido de “Pica-Pau”, Diego de Jesus da Silva, de 28 anos, foi executado com vários tiros de pistola pouco antes das 2oh, horário em que o movimento de pessoas era intenso na Feira da Lua. Logo no início das apurações, as equipes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) descobriram que a vítima havia saído da Casa de Prisão Provisória (CPP), onde estava preso por tráfico de drogas, quatro dias antes de ser assassinado.

Com detalhes repassados por testemunhas sobre um atirador que estava sozinho e fugiu, além da ajuda prestada por registros de câmeras de segurança, os agentes identificaram Douglas Pereira Cardoso, de 26 anos, que já havia ficado preso na CPP por tráfico de drogas. Quando foi localizado, ele confessou o crime e delatou o nome do mandante.

*FONTE MAIS GOIÁS

Nenhum comentário

TV Mário Prata

Tecnologia do Blogger.