Últimas Notícias

VÍDEO! “PAULISTA” MORRE NA FEIRA DO PEDREGAL!

PEBA QUE NÃO TINHA NADA A VER COM A OCORRÊNCIA OFENDEU E AMEÇOU O JORNALISTA MÁRIO PRATA NETMÍDIA, QUE PERDEU A PACIÊNCIA E MANDOU O MALACABADO TOMAR NO ORIFÍCIO TRASEIRO E QUASE O TEMPO FECHOU!
Corpo estendido na Feira do Pedregal! Assim começou a circular a notícia nos Grupos de Notícias WhatsApp TV Mário Prata, imediatamente o Jornalista Policial Mário Prata Netmídia se dirigiu ao local pensando ser mais um assassinato na região goiana que faz divisa com a Capital Federal, e que tem o apelido degradante de “Entorno de Brasília”.

O jornalista chegou junto com a Guarda Civil Municipal de Novo Gama, e foi informado por populares que a causa morte foi infarto fulminante. 

Luiz Antônio de Souza, popularmente conhecido como “Paulista”, 51 anos, vendia isqueiros na feira de domingo, e durante a semana ele frequentava o local para ingerir bebidas alcoólicas e conversar com amigos e moradores de rua.

Por volta das 15 horas, desta quarta-feira, 11/04, ele sentou em frente a um box que estava fechado e pouco tempo depois deu um grito e morreu instantaneamente, provavelmente infarto fulminante.
No início havia uma dúvida se o corpo seria recolhido pelo IML ou pela funerária. Quando a morte é natural o corpo é recolhido diretamente pela funerária, mas se tem indícios de violência e/ou crime a responsabilidade é do IML para que seja feito a perícia.
No entanto, tecnicamente, só quem pode atestar o óbito é o médico, por isso enquanto não se decidia o destino do corpo, a Guarda Civil Municipal fazia o isolamento da área até para que o cadáver não fosse saqueado pelos pebas da cidade, já que “Paulista” carregava o pochete com celular, dinheiro e documentos pessoais.

“A SUA CABEÇA VAI ROLAR MÁRIO PRATA”, DISSE UM PEBA QUE TENTAVA ATRAPALHAR A GRAVAÇÃO


A Família esteve no local e conversou com o jornalista e não se opôs a gravação, pelo contrário, estava ligando para as emissoras de televisão.

De repente apareceu um peba (bandido) xingando e fazendo ameaças de morte ao Jornalista Policial Mário Prata Netmídia, que perdeu a paciência e mandou o malacabado “tomar no orifício traseiro”.

Rapidamente o marginal saiu do local. “Eu mandei o peba tomar no toba e ele foi embora, então certamente gostou e foi “tomar no orifício traseiro”, desabafa o Jornalista Policial Mário Prata Netmídia.

Em virtude do destempero o jornalista pede desculpas aos seus seguidores (as) e a Guarda Civil Municipal que estavam no local. Todos que o conhecem estão cientes que ele suporta bastante as provocações e ameaças que recebe nas ruas, Redes Sociais e no privado do seu WhatsApp, mas desta vez, faltou domínio próprio e quase o tempo fecha.

UM POUCO DA HISTÓRIA DO JORNALISMO POLICIAL

Coisas piores já aconteceram com o Jornalista Mário Prata Netmídia enquanto fazia as reportagens policiais. Durante o período que ele estava afastado do Evangelho da Salvação (Palavra d’Deus), ele voltou andar armado e trocou tiros com pebas do Lago Azul, o risco de morte era iminente e, por isso contratou seguranças armados, no auge da perseguição na década de 90, quando iniciou o Jornalismo Policial, no Jornal A Voz do Povo, que ele fundou, chegou ao absurdo de andar com 20 seguranças fortemente armados com revólveres, pistolas e espingardas calibre 12.

Além, disso ele andava com duas armas e a equipe possuía 03 carros para transportá-lo, entre outros carros que eram da sua segurança. Constantemente os seguranças trocavam o jornalista de carro para que ninguém soubesse em qual veículo era transportado.

Na mesma época, diversos atentados a tiros foram cometidos contra a sua residência e contra a redação do Jornal A Voz, no último atentado a sua casa e a redação foram atingidos por 43 pipocos.

Depois de algum tempo ele dispensou os seguranças e o pior aconteceu, 03 pebas fortemente armados com pistola 9mm, escopeta calibre 12 e 01 revólver “trezoitão”, invadiram a residência da Família Prata, mas um vizinho viu a chegada dos malacabados e acionou a PM.

Os PMs estavam jantando, mas largaram a comida quando souberam que a residência do jornalista tinha sido invadida e rapidamente chegaram ao local.

A pebaiada percebeu a aproximação da viatura a vazou, mas 15 dias depois satanás começou o cerol a passar o cerol geral. O peba “coelhão” que no dia da invasão usava a escopeta calibre 12, estava na rodoviária durante uma festa de aniversário do município, quando teve a tampa da cabeça arrancada com diversos disparos de pistola calibre 45.

Os nojentos miolos do marginal foram parar em cima de espinhos de churrasco que estavam num carrinho de ambulante. Todos os espetos foram contaminados pelos miolos do peba.

Dias depois o ambulante procurou o jornalista e pediu para ele pagar o prejuízo já que o peba era seu inimigo. Para evitar confusão Mário Prata Netmídia indenizou o ambulante.

Mais alguns dias se passaram e o capeta passou o cerol em Isaías que teve o rosto desfigurado por uma rajada de “metranca”. As balas da metralhadoras esbagaçaram o focinho do peba.

A mizera foi sepultada com caixão lacrado devido o focinho estar desfigurado. O jornalista infiltrou um fotógrafo no sepultamento para fazer a foto do caixão que virou manchete na capa do Jornal A Voz do Povo.

Em virtude das duas mortes consecutivas o delegado de Novo Gama-GO, intimou o Mário Prata Netmídia para falar sobre a invasão à sua residência. A autoridade policial entendeu que o jornalista não estava envolvido nas mortes, e sequer o seu nome constou no inquérito.

O peba Clodes vazou e ficou escondido por 20 anos, mas em 2016, o “anjo da morte” descobriu onde o peba estava malocado, e passou o cerol no terceiro e último malacabado que invadiu a residência do Jornalista Policial.

Mário Prata Netmídia conseguiu uma foto de Clodes morto e publicou no seu Jornalismo Virtual, e a imagem viralizou com milhares compartilhamentos.

No ano 2000, o Jornalista Policial Mário Prata Netmídia voltou a presença d’Deus e abandonou as armas, e atualmente trabalha desarmado mesmo sabendo que corre risco iminente de morte.

Em 2016, o Jornalista Policial estava de moto no lago Azul e ouviu diversos e pipocos e como estava próximo se dirigiu ao local, e foi recebido com 04 tiros de pistola, de dois motoqueiros que tentavam executar um mini peba (bandido menor de idade), que estava dentro de uma boca-de-fumo.

Mário Prata Netmídia também correu risco de vida ao ser imprudente, ele estava na cidade vizinha Valparaíso de Goiás, às 3 horas da madrugada, no bairro Pacaembu, com a sua moto preta procurando uma cadáver de um senhor vítima de latrocínio.

O problema é a PM também no mato atrás do latrocida, de repente deparou com várias pistola ponto 40 e metralhadoras apontadas em sua direção. Um focos fortes de luz ofuscaram as suas vistas, ele só viu as armas e gritos: “Desce da moto! Desce da moto! Mão na cabeça! Mão na cabeça!” De rente um policial gritou: “Mário Prata é você?”.

Ele se identificou como sendo o Jornalista Policial Mário Prata Netmídia, e os PMs abaixaram as armas. Contrariado ele perguntou se havia mesmo necessidade de tantas armas em sua direção. O PM que o reconheceu disse:

“Três horas da manhã e a polícia está dentro do cerrado procurando um peba que matou e roubou uma moto preta de um senhor e você aparece dentro do mato com uma moto preta, o que você acha que deveríamos fazer.

O jornalista compreendeu que deu sorte de não comer bala e pediu desculpas por ter chegado de forma imprudente. O local era extremamente perigoso, por isso na hora de ir embora duas viaturas do 20º BPM de Valparaíso fizeram a escolta do jornalista para que saísse de lá em segurança com a sua moto popularmente conhecida como “Juju Netmídia”.
_____
Para meditar: “Sejam fortes e corajosos. Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará" (Deuteronômio 31:6)
_____
(61) 99142-6437: TV MÁRIO PRATA WHATSAPP GRUPOS DE NOTÍCIAS / PLANTÃO 24 HORAS.
_____
Postado em: 12/04/18
CURTA NO FACEBOOK A FÃ PAGE TV MÁRIO PRATA
TV MÁRIO PRATA-PORTAL POLICIAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TV Mário Prata

TV Mário Prata Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de tema por rion819. Tecnologia do Blogger.