Últimas Notícias

MÃE E PADRASTO SÃO PRESOS SUSPEITOS DE ESPANCAR BEBÊ ATÉ A MORTE

COMPARTILHE! CURTA! COMENTE!

A mãe e o padrasto do menino Bruno Diogo Dias Ferreira, de 2 anos e 8 meses, foram presos suspeitos de espancar a criança até a morte, em Goiânia. Bruna Lucinda Batista Ferreira, de 28 anos, e Gedeon Alves dos Santos, de 24, chegaram a registrar um boletim de ocorrência dizendo que a criança tinha morrido em uma unidade de saúde em decorrência de um acidente de trânsito.
Segundo o delegado Dannilo Proto, responsável pelas investigações, a mãe e o padrasto foram presos na última terça-feira (14) depois de fugir de casa. Antes, de acordo com a polícia, eles incendiaram o imóvel em que moravam na tentativa de esconder provas do crime e falar que o fogo foi colocado por vizinhos.
Na época da morte do garoto, ocorrida no último dia 3, o Conselho Tutelar foi acionado e recebeu denúncias de que o menino era vítima de maus-tratos e constantemente agredido. Assim, o órgão procurou a Polícia Civil e o caso passou a ser apurado pela Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), que solicitou laudos sobre a morte de Bruno.
O laudo pericial mostrou que o bebê tinha lesões em diferentes partes do corpo. “O fígado foi dilacerado, o pâncreas partido ao meio e tinham várias lesões na cabeça”, disse o delegado. Os exames ainda mostraram que Bruno havia sido estuprado. O padrasto confessou que utilizou um amassador de legumes para praticar o estupro. A mãe nega participação. “Mas ela sabia das agressões e foi conivente com o assassinato do filho”, emenda Proto.

Obs: Se a foto fosse do site TV Mário Prata a cara dos suspeitos de peba seria mostrada.
____

TV Mário Prata-Portal Policial: (61) 9934-27190

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TV Mário Prata

TV Mário Prata Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Imagens de tema por rion819. Tecnologia do Blogger.